Image

CONTRATOS LOCAIS DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL
4ª GERAÇÃO

CLDS4G LAMEGO COM_TIGO

A identificação dos territórios de intervenção do Programa CLDS4G inicia-se com a definição de uma lista de concelhos, tendo por base as suas características em termos de fragilidade social e em função dos valores de um conjunto de indicadores. Tendo por referência estes indicadores, o concelho de Lamego enquadra-se nos territórios que assumem os seguintes perfis definidos:

a) Territórios especialmente afetados por desemprego;
b) Territórios com situações críticas de pobreza, particularmente a infantil;

Assim, no contexto da portaria nº 229/2018, de 4 de agosto, e tendo como intento o combate ao desemprego e à pobreza infantil no concelho de Lamego, o CLDS4G Lamego Com_Tigo é promovido pela Obra Kolping de Portugal, uma IPSS com 29 anos de experiência em projetos de intervenção social, e tem o Município de Lamego como parceiro de 1ª linha, nomeadamente no planeamento e na congregação de agentes e recursos.

O CLDS4G Lamego Com_Tigo visa a implementação de medidas estruturais e transversais, através de processos de inserção, empreendedorismo e inovação social, junto da população vulnerável por meio da descentralização, de forma a combater a pobreza e promovendo a inclusão social junto de toda a comunidade local sempre numa perspetiva de proximidade.
Com um Plano de Ação focado na inovação social e na integração dos cidadãos, elaborado de acordo com instrumentos de planeamento adequados à natureza e dimensão territorial do concelho, tais como os elaborados pelo CLAS, a ação do CLDS4G Lamego Com_Tigo incidirá nos eixos de intervenção definidos para o território. As atividades do Plano de Ação serão desenvolvidas junto de toda a comunidade local, com participação gratuita, e integram as orientações dos seguintes eixos de intervenção:

Image

EIXO 01

PROMOÇÃO DO EMPREGO, QUALIFICAÇÃO E FORMAÇÃO

  1. Favorecer os processos de integração profissional, social e pessoal, dos desempregados, designadamente:

    i)  Capacitar e ajudar a desenvolver atitudes de procura ativa de emprego
    ii)  Informar sobre o conteúdo e abrangência das medidas ativas de emprego e oportunidades de inserção em instituições do território
    iii) Apoiar o enquadramento de projetos de autoemprego e de empreendedorismo nos diferentes programas e instrumentos de apoio, promovendo o encaminhamento dos interessados para o apoio técnico;
    iv) Informar e encaminhar para as oportunidades de qualificação desenvolvidas pelas autoridades públicas e privadas;

  2. Sensibilizar os empresários, as instituições e as entidades empregadoras locais para uma participação ativa na concretização de medidas ativas de emprego e em processos de inserção profissional e social;
  3. Contribuir para a sinalização, encaminhamento e orientação de alunos que abandonam ou concluem o sistema educativo, no sentido de desenvolver ações de favorecimento de integração profissional;
  4. Desenvolver ações que estimulem as capacidades empreendedoras dos alunos do ensino secundário, numa perspetiva de reforço da iniciativa, da inovação, da criatividade, do gosto pelo risco e que constituam uma primeira abordagem à atividade empresarial

EIXO 02

INTERVENÇÃO FAMILIAR E PARENTAL, PREVENTIVA DA POBREZA INFANTIL

  1. Ações dirigidas, prioritariamente, aos agregados familiares de baixos rendimentos com crianças, com o propósito de os apoiar:

    i) Em processos de qualificação familiar, designadamente os que propiciam a informação sobre os seus direitos de cidadania, o desenvolvimento de competências dos respetivos elementos e de aconselhamento em situação de crise.
    ii) Na mediação dos conflitos familiares, em articulação com as equipas que intervêm com as famílias e/ou as suas crianças, promovendo a promoção dos direitos das crianças e jovens

  2. Mobilização de crianças e jovens, em especial as que pertencem a agregados de baixos rendimentos, promovendo estilos de vida saudáveis e a integração na comunidade, nomeadamente através da participação destes em ações nos domínios da: saúde, do desporto, da cultura e da educação para uma cidadania plena.
Image

EIXO 03

PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO E APOIO À POPULAÇÃO IDOSA

  1. Ações socioculturais que promovam o envelhecimento ativo e a autonomia das pessoas idosas;
  2. Ações de combate à solidão e ao isolamento;
  3. Desenvolvimento de projetos de voluntariado vocacionados para o trabalho com populações envelhecidas.

CLDS 4G LAMEGO COM_TIGO

A Nossa Equipa

Catarina Ribeiro
Catarina RibeiroCoordenadora
Catarina Gonçalves
Catarina GonçalvesTécnica Superior
Rute Magalhães
Rute MagalhãesTécnica Superior
Sandra Maravilha
Sandra MaravilhaTécnica Superior

SAIBA MAIS ACERCA DO PROMOTOR

Obra Kolping Portugal